sexta-feira

A GAROTA QUE BEBEU A LUA

 A Garota que bebeu a Lua-Kelly Barnhill

A Garota que bebeu a Lua de  Kelly Barnhill, é uma fantasia sobre bruxas, magias,mentiras e segredos.

Uma história que é capaz de manter o leitor preso até o fim.



"Existe uma bruxa na floresta.Sempre houve uma bruxa"

O povo que vivia no Protetorado já sabiam da história da bruxa que vivia na floresta, para o qual deviam entregar seus filhos, uma vez por ano,no Dia do Sacrificio. Os anciaos cuidavam para que o ritual fosse realizado com sucesso e que o povo apesar da enorme tristeza, aceitassem  seus destino sem reclamar.

Antain um jovem sobrinho de um dos anciãos que estava treinando para ser como seu tio no futuro, não sentia que essa atitude era correta e quando uma mãe simplesmente enlouqueceu, ao ter sua filha retirada a força de seus braços, começou a pensar se não podera impedir esse sacrifício.

"Ouviram a criança chorar enquanto caminhavam por entre as árvores, mas o choro logo desapareceu entre os suspiros do pântano e o canto dos pássaros e o estalar das árvores pela floresta. E cada um dos Anciãos sentiu uma certeza plena de que aquela criança não sobreviveria até o dia seguinte, e de que eles nunca mais ouviriam falar dela, nem a veriam, nem pensariam nela.Acreditaram que ela desapareceria para todo o sempre. Mas estavam errados, é claro."

Anos se passam e Antain ainda não conseguiu realizar o sonho de sua mãe e se transformar em um ancião. Mas as lembranças da mulher que enlouqueceu permanecem assombrando-o.

"limite do pântano, de pé sob uma franja de juncos que desabrochavam na lama, havia uma mulher muito velha apoiada em um cajado retorcido"

"Seu nome era Xan. E ela era a Bruxa"

Na floresta, Xan se vê obrigada a cuidar de Luna como se fosse sua neta, pois a menina ainda bebê adquirira grande poder e que logo a colocaria em risco.

A medida que Luna crescia mais dificil ficava para sua avó esconder a sua origem e seus poderes.

Enquanto isso, um novo Dia do Sacrificio se aproximava. Luna então com 13 anos descobre que a avó esconde algo dela, algo perigoso e assustador.

Enquanto isso, Antain já distante do conselho dos anciãos, se casa e sua mulher espera o primeiro filho, que deve ser dado em sacrificio. Ele ainda tem na memória, tudo o que houve com a mulher que enlouqueceu e decide por fim esses sacrificios, entrando na floresta e matando a bruxa. Sem saber , no entanto que o verdadaeiro mal vivia a séculos na a cidade.

"Desde que Xan conseguia se lembrar, todo ano, por volta da mesma época, uma mãe do Protetorado deixava o filho na floresta, presumivelmente para morrer. Xan não sabia o motivo. Nem julgava. Mas não ia deixar o pobrezinho morrer. "

A cidade parecia aceitar seu destino e aprendeu a conviver com a tristeza da perda de suas crianças. Já na floresta , a jovem Luna cada vez mais sente que algo dentro dela , a torna diferente.

Enquanto alguns querem continuar com uma vida de mentiras e submissão outros acreditam que a liberdade e a verdade não tem preço. 

Mesmo sendo uma obra de ficção, eu gostei dos temas abordados como a capacidadae do homem de criar uma realidade e convencer todos de que é real. Interessante ver como uma mentira pode ser manipulada  para benefícios de poucos.

Kelly Barnhill-autora de livros para adultos e crianças.É também autora de: O filho da feiticeira e a vida misteriosa de jack.

21 comentários:

  1. Já me interessei por ser fantasia, já vou indicar para minhas filhas. Elas adoram e eu ainda mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza de que vão adorar,bjus.

      Excluir
  2. O livro realmente tem uma história que vai prender a atenção do leitor até o fim, livros de fantasias são geniais, mexe com a nossa atenção, gostei muito da personagem da Luna, é um livro que vale a pena ler bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Eu amei a capa e o nome do livro 🙂 amo livros com essa tematica. Ja quero ler

    ResponderExcluir
  4. O enredo é instigante e mesmo sendo fantasia me deixou bem curiosa para acompanhar o desfecho da história e da Luna. Achei linda a capa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal amiga,obrigada por sua visita,bjus.

      Excluir
  5. Adoro livro de fantasia, só o seu resumo já me prendeu! Agora fiquei curiosa pra saber o que acontece. Preciso ler esse livro!

    ResponderExcluir
  6. Olá Tania!A Garota que bebeu a Lua me parece uma excelente e prazerosa leitura.
    Histórias de magias,fantasias principalmente sobre bruxas,realmente nos prendem a leitura.
    Fiquei bem curiosa com o desfecho destes segredos e o fim destes sacrifícios.
    Excelente resenha,grata por indicar!Bjss

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto muito de livros assim, agora eu to terminando Harry Potter... vou colocar essa história na minha lista desse ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro HP. E você vai adorar esse
      Livro. Bjus

      Excluir
  8. Li.a resenha e fiquei desesperada pra saber o fim.desaa história, já gostei e procurar pra ler!

    ResponderExcluir
  9. Na verdade, a história é saudável para crianças. Amo livros com esse universo para crianças e jovens,bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, também gosto muito de livros com essse tema.bjus.

      Excluir
  10. Oiee! Esse livro está na minha lista de leitura há um tempinho. Gosto muito de livros com bruxas e etc. Eu amo essa capa❤❤ Realmente essa manipulação da verdade acontece na real. Lembro até de 1984.

    Beijos,
    Paloma Viricio💫💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma que bom que você gostou da resenha, tenho certeza que vai amar o livro também.bjus.

      Excluir
  11. A tinha visto a capa no IG mas nunca tinha lido uma resenha para saber do que falava a historia e confesso que me deu muita vontade de ler. E esta coisa dde bruxas esta em ata né com tantas series saindo. Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é a vida do blog.
se gostou, não deixe de seguir.

As mais visitadas