SEM FAMÍLIA- HECTOR MALOT

,

O livro narra as aventuras de Renato, um menino que vivia no campo e que até os 8 anos de idade, não sabia que Maria Barbarino a quem chamava de mãe e seu marido, Jerônimo, não eram seus pais verdadeiros.. 

 Maria tinha também um filhinho que acabou falecendo e o luto fez com que Renato ocupasse o lugar do bebê. Um dia porém,  Jerônimo que trabalhava na cidade, volta para casa após sofrer um acidente. Revoltado com sua sorte, ele decide mandar o menino para o asilo mas acaba o vendendo para  Vitallis,um artista de rua.

E assim Renato começa uma nova etapa de sua vida, trabalhando ao lado de Vitallis e seus animais e criando uma forte amizade. Ao lado dele, Renato conhece novos lugares,outras pessoas e aprende a viver nas ruas se apresentando para o público. Paciente e generoso,Vitallis sabia ensinar ao menino lições para o palco e para vida.

"_Você está acostumado ao método dos camponeses, que só concebem o ensino por intermédio da violência...

Protestei:

_minha mãe era muito bonsosa, e até mesmo a Vermelha, a nossa vaca, sempre foi tratada com doçura e paciência.

Ele afagou-me o rosto.

_Maria Barbarino deve ser uma exceção. Às vezes a bondade vem do berço. Normalmente é adquirida pelo exemplo ou pela educação. Com brutalidade nada se consegue, a não ser a hipocrisia e a intimidação. O medo paralisa a inteligência, seja dos animais ou das pessoas,"   

Sob os cuidados de Vitallis,ele aprende a ler e viver de sua arte,entretendo as pessoas com encenações e música.Assim além de patrão Vitallis se tornou seu grande amigo.

Os artistas enfrentavam muitas dificuldades nas ruas, entre elas o inverno rigoroso,Vitallis já idoso acabou falecendo e mais uma vez Renato se viu sozinho no mundo, dessa vez porém, mais amadurecido e na companhia do fiel caozinho Capi, decidiu voltar a fazer o que aprendera com seu patrão. Foi então que encontrou um amigo Matia, tão desolado quanto ele,pedindo esmolas.

O jovem Matias,era um menino que como ele aprendera a viver nas ruas.

 O reencontro seria na verdade,um recomeço, juntos eles passariam a se apresentar em festas e a sobreviver de seus talentos. 

Nessa vida de músico ambulantes. Renato,Matias e Capi andam por toda a França, vivenciando todo tipo de aventura e dificuldades.

 Renato descobre  que sua família está à sua procura e sem saber que mais provações o esperava, partem atrás de Jerônimo ,que  quer encontrá-lo para recerber uma grande recompensa. Jerônimo falece antes de dizer onde e que são seus pais.

 Renato fará tudo para encontrar sua verdadeira família sempre com seus companheiros Matias e Capi.

A verdade enfim será revelada mas eles terão que vencer muitos desafios. Sem Família é uma leitura que nos prende até a ultima página.porque é repleto de sentimentos de amor,amizade,gratidão e superação. Um clássico que vale a pena ser lido, ainda mais nesses tempos que estamos vivenciando. 

 

Se você se interessou, pode encontrar esse livros em versões antigas em sebos ou a mais nova no Amazon.

Hector-Henri Malot, foi um escritor francês, que nasceu em 1830 ,que estudou direito porém a literatura foi sua paixão. Na década de 90,foi lançado um anime baseado nessa história, chamado Ienakiko Remi produzida pela Animação Nippon.







Comentários

  1. A história parece bem comovente. Mais um livro pra acrescentar na minha lista de leitura! E como amo animes, este é mais um que eu quero assistir!!! Bjos e parabéns por mais essa resenha!!!!

    ResponderExcluir
  2. this is such a good article thanks for sharing this blog it give lots of information
    clipping path service

    ResponderExcluir
  3. Olá. Cá estou eu retribuindo a sua visita ao meu blog. Gostei realmente do seu, passei a ser sua seguidor (#3196) apareço lá no final do painel de seguidores porque surgo sempre sem foto (não consigo emendar isso). Vou voltar cá mais vezes e comentar.

    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário é a vida do blog.
se gostou, não deixe de seguir.