Mostrando postagens com marcador HISTÓRIAS QUE PRECISAM SER CONTADAS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador HISTÓRIAS QUE PRECISAM SER CONTADAS. Mostrar todas as postagens

quinta-feira

Jerusalema, o poder da música

 Estava passeando pela web e encontrei o video da música Jerusalema .

Que som é esse? Que paz é essa? Que sentimento de libertação é esse ? 

Se estamos vivendo momentos tão  difíceis?

                               

segunda-feira

A MENINA QUE QUERIA CRESCER


 Era uma vez, uma menina que se chamava Clara e ela sonhava o tempo todo.

Ela imaginava que quando crescesse, seria uma pessoa muito importante. Como a sua professora que se chamava Edir. Afinal a dona Edir sabia tudo que seus alunos perguntavam e era muito feliz, porque sempre os recebia com um sorriso, mesmo chegando tão cedo na escola.


Em casa, Clara brincava de ser professora mas não conseguia ensinar as  suas bonecas todas as coisas incríveis ,que sua professora sabia. E isso a deixava  muito triste.

A ONDA

 Quando eu era criança,tínhamos um vizinho que todos os dias, passava na rua trazendo livro embaixo do braço. Não importava onde fosse, indo para o trabalho ou voltando pra casa, lá estava ele e seu livro. E não era o mesmo livro, toda semana era um novo, com capas de cores diferentes, ora lisas,ora coloridas. Dava para ver que se orgulhava de andar para lá e para cá com esses livros. Toda a vizinhança notava o estranho hábito, pois a maioria ali, mal sabia ler ou podia comprar um livro, imagina tantos assim. 


Todos ficavam imaginando como devia ser a casa dele. Certamente, tinha uma estante enorme, talvez fosse um professor ou escritor mas o certo é que devia ser muito culto para ler tanto. Muitos se sentiam mal com essa atitude que parecia puro exibicionismo para mostrar que era

sábado

HISTÓRIA DE ESPERANÇA


                                   Era uma vez, duas cadelinhas que durante muitos anos viviam sob a proteção de uma senhora muito bondosa.
Que mesmo com idade avançada, problemas de saúde e para se locomover.
Não deixava que nada faltasse as suas filhotas.

                                                  


As mais visitadas